letrastraduzidas.com.br   SUBMIT


  close
o cheiro de diesel entope as narinas o asfalto é úmido ultimamente as mãos permanecem úmidas a língua nos lábios dormentes dos dentes que batem um nos outros com a força do princípio ativo de um paraquedas dissolvendo dentre mucosas e nuvens de chuva já que eu estive em lugares onde nunca chovia nunca era noite e o escuro não existia aquele porão não existia não existiam as velas a música não existia tampouco e quando eu quis ouvir these days aqueles dias NÃO BASTARAM não bastaram os beijos nem as lágrimas nem os braços foram suficientes a pele era quente o ar era calmo; o cheiro de diesel é de uma cor estranha de um vazio-estranho como o gostar das pessoas como o roxo dos lábios que tremem na neblina na frente do roxo do 8 da linha do mêtro do 8 da linha da tua pele as cores não emanam por aqui o sol não queima por lá a urgência me afoga a casa permanece vazia (31/07/2017) essas imagens resumem brevemente o que vivi nos últimos 7 meses; tecnicamente falando, esse vídeo não é muito bom, mas eu admiro absurdamente a beleza decadente das coisas. músicas: botas batidas - tokyo teen suicide - i wanna be a witch